12 anos do Programa Desenvolvimento Sustentável de Territórios Rurais do Ministério de Desenvolvimento Agrário do Brasil: Como vamos?

Coordenação

  • Alexandre Maduro-Abreu

Equipe

  • Mireya Eugenia Valencia Perafán
  • Waldecy Rodrigues
  • Carlos Douglas de Oliverira
  • Olívio Teixeira
  • Márcio Caniello
  • Luiz Henrique Silvestre
  • Marc Piraux
  • Luís Antônio Barone

Início: 2015

Fim: Atual

Resumo

O objetivo do projeto é analisar criticamente o Programa Desenvolvimento Sustentável de Territórios Rurais se focando no seu desenho e implementação e fazendo uma apreciação, baseado em evidencias empíricas, sobre os resultados logrados pelo Programa. A proposta inclui o estudo comparativo de oito territórios apoiados pelo Programa localizados em sete Estados das cinco macrorregiões do Brasil. A equipe está conformada por pesquisadores que fazem parte da Rede de Universidades para a Gestão Territorial.

Financiado por:

Centro Latinoamericano para el Desarrollo Rural

 

Gestão por Eficiência: estudo em organizações públicas e privadas

Coordenação

  • Alexandre Maduro-Abreu

Equipe

  • Luiz Medeiros de Araujo Neto
  • Renan Mendes Rocha
  • Max da Costa Oliveira
  • Lucas Vitor de Carvalho Sousa
  • Pablo Vinícius Rodrigues de Oliveira
  • Lucia Cristina Gama de Andrade
  • Jetro Paulo Weber
  • Paulo Fernandes de Rezende
  • Marx Haron Gomes Barbosa
  • José Roberto Amaral
  • Silvio Silva Silva
  • Fabiano Reis
  • Mateus Nobile
  • Luiz Fernando Silva Pinto
  • Paulo Daltro

Início: 2015

Fim: Atual

Resumo

Este projeto tem como objetivo avaliar a eficiência (eficiência técnica: a capacidade de a organização maximizar seus produtos, dada o uso dos recursos disponíveis e a eficiência alocativa: capacidade da organização utilizar os insumos da produção em proporções ótimas, minimizando assim seus custos de produção) das organizações públicas e privadas e sua relação com os componentes organizacionais (pessoas, estratégias, processos, políticas/padrões de comportamento, valores/cultura, certificações etc), considerando a interdependência da organização com o ambiente externo. Além disso, pretende-se construir um arcabouço teórico para fundamentar uma proposta de Gestão por Eficiência, contrastando e debatendo com outras propostas, tais como: gestão por processos e gestão por resultados. Metodologicamente, pretende-se calcular a eficiência de grupos de organizações e/ou projetos organizacionais, determinando as melhores práticas de um mesmo segmento, a partir Análise Envoltória de Dados e Fronteiras Estocásticas. A partir de modelagens estatísticas pretende-se compreender e explicar a eficiência organizacional a partir da utilização de seus recursos e componentes.

Financiado por:

Centro de Pesquisa em Gestão, Inovação e Sustentabilidade (CPGIS)

 

Identidade, gestão social e dinamização econômica como impulsionadores do desenvolvimento de territórios rurais

Coordenação

  • Mireya Eugenia Valencia Perafán

Equipe

  • Alexandre Maduro-Abreu
  • Eric Sabourin
  • Miller German Solarte
  • Cindy Marcela Guzmán Muñoz 

Início: 2014

Fim: Atual

Resumo

Desde 2003 e no marco das políticas públicas para o desenvolvimento rural brasileiro foi desenhado Programa Desenvolvimento Sustentável de Territórios Rurais gerido pela Secretaria de Desenvolvimento Territorial do Ministério de Desenvolvimento Agrário do Brasil. Este Programa sustenta-se, sobretudo, em ações dirigidas para a gestão social dos territórios rurais e o investimento em infraestrutura para a dinamização econômica dos mesmos. No período compreendido entre 2010 e 2012 foram desenvolvidas, em 37 territórios rurais, cinco pesquisas de avaliação numa parceira entre o CNPq, o MDA e 27 Universidades Públicas localizadas em 17 Estados da Federação. Este projeto tem o objetivo de analisar os resultados dessas avaliações a partir da base de dados gerada para, de uma forma relacional, compreender como as áreas, da gestão social e da dinamização econômica, estão sendo fortalecidas em ditos territórios e sua relação com os processos de desenvolvimento.
 

Desenvolvimento de Metodologia de Planejamento Estratégico Sociotécnico para Gestão Pública: Estudo Teórico-Empírico na Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares

Coordenação

  • Profa. Dra. Doriana Daroit

Equipe

  • Prof. Dr. Alexandre Maduro-Abreu
  • Prof. Dr. Luiz Fernando Macedo Bessa
  • Profa. Dra. Magda de Lima Lúcio
  • Prof. Msc. Adalmir Gonçalves
  • Profa. Msc. Mariana Guerra

Início: 2012

Fim: 2013

Resumo

O estudo tem por objetivo construir um referencial teórico-metodológico adequado à gestão pública para que as organizações públicas possam elaborar seu Planejamento Estratégico. Parte-se da premissa que as organizações públicas diferenciam-se das organizações privadas por ofertarem direitos na forma de serviços e considera-se que seu objetivo final não está relacionado à obtenção de vantagem competitiva. Assim, a proposta discute uma metodologia inovadora: o Planejamento Estratégico Sociotécnico.

Financiado por:

Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH)
Voltar ao Topo
Desenvolvido por André Albuquerque